O medo de perder a pessoa que você ama faz você querer controlar a vida dela

07/11/2023 às 01:40:01 (há 7 meses)
Saúde

O medo de perder a pessoa que você ama faz você querer controlar a vida dela, mas ao obter o controle, você perde o interesse.

Dilema atual: “Quero sentir aquele mesmo fascínio e frio na barriga do início do relacionamento, mas também quero segurança total e absoluta “.

Sinto te informar, mas a conta não fecha. 😉

O desejo sexu4l ardente e espontâneo típico de quando você está tentando conquistar alguém é fruto da instabilidade e do desafio.
Você não tem certeza de nada e quer muito. Você se prepara para encontrar com a pessoa, pensa muito nela, se esforça para seduzi-la para que ela escolha ficar com você, afinal, ela tem outras opções. A fase é naturalmente instável.

Aí depois as coisas vão ficando mais serenas. Você já tem certa segurança de que a pessoa escolheu ficar com você e a instabilidade vai dando espaço ao conforto de uma relação tranquila e segura. Mas daí você não quer só segurança, você quer a absoluta e inquestionável certeza de que a pessoa nunca na vida vai te deixar ou se interessar por outra pessoa.

Então você passa a controlar cada passo. “Onde está, com quem, que horas volta, porque passou esse perfume? Quem é essa pessoa que você cumprimentou? Você só vai se eu for, esse ambiente não é mais para você, por que você quer ir se eu não estarei lá?”

Quando você passa a ter controle sobre o outro, isso diminui o medo de perde-lo mas ele pode se tornar tão previsível para você, ao ponto de eliminar qualquer faísca de fascínio que restava.

Difícil, né? 😉

O amor é uma dança de pessoas inteligentes e corajosas. Você precisa saber cuidar da pessoa que você ama para que ela escolha ficar, mas precisa flertar serena com a instabilidade, pois é ela que traz a chama para o amor.

Reconhecer a natureza instável das relações é o mesmo que reconhecer a sua coragem em ousar porque o amor não oferece garantias, e é exatamente aí que está o fascínio!

Ambos precisam sempre se esforçar para conquistar um ao outro. E essa dança pode ser muito excitante! 😉

Então experimenta substituir o medo de perder, pela coragem de cuidar. O controle pelo confiança, a prisão pela liberdade. E assim quem sabe poderá substituir o tédio pelo fascínio!